Sem dúvidas, passar em Medicina é o desejo de muitos de vocês que chegaram até este post. De acordo com o levantamento feito pela UFRGS, a concorrência em Medicina para o último vestibular foi de 64 pessoas para cada vaga ofertada (98). É sempre muito concorrido! E todos sabemos disso. 

Entretanto, ser concorrido não quer dizer ser impossível. Prova disso, é o nosso ex-aluno Unificado e bixo Medicina UFRGS 2020, Bruno de Marchi. Além da federal, ele também foi aprovado na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Universidade de Caxias do Sul (UCS), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e na Universidade de Passo Fundo (UPF).

Vamos conferir algumas dicas dele?

1. Tenha rotina e técnicas de estudos

“Para estudar, eu montava meu horário de estudos com ciclos de 30 minutos de estudos e 10 minutos de descanso”, lembra ele, sobre a conhecida técnica Pomodoro, que já falamos aqui. Bruno também estudava por meio de flashcards, o modelo de fichas interativas que ajudam a treinar a memória. Revisão dos conteúdos estudados em sala de aula e resolução de exercícios de provas mais difíceis das que ia prestar também foram outros métodos adotados. 

2. Cuide da saúde física e mental

Estudar para o vestibular de Medicina exige muito. O estudante precisa manter um alto nível de estudos para conseguir a aprovação. Por isso, Bruno encerrava os estudos às 19h e, depois disso, fazia coisas corriqueiras da sua rotina, como ir para a academia, jantar, assistir alguma série e jogar videogame. Parte fundamental dos cuidados com a saúde física e mental. 

Quer conhecer os demais cuidados com a saúde adotados por ele? Acompanhe aqui.

3. Não desanime frente às reprovações

Na maioria dos casos, a aprovação não vem de imediato. É bem comum que venha depois de alguns anos de estudo, como foi o caso de Bruno. Entretanto, ele nunca desanimou: “Sempre partia do princípio de que se eu não passava era porque tinha mais alguma coisa que eu deveria aprender em mais um ano de cursinho e que eu precisava desse conhecimento para entrar na faculdade. Não necessariamente de conteúdo, mas conhecimento de vida, de método de estudo e controle emocional. Todas essas coisas são muito necessárias dentro da faculdade, e o cursinho também nos prepara para isso”.

Os relatos do Bruno são importantes, pois ele um dia esteve onde você está agora: estudando e se dedicando para conquistar a vaga dos sonhos. 

Para seguir acompanhando a trajetória de sucesso de um bixo UFRGS, basta fazer download do nosso e-book 5 dicas de quem passou em Medicina

MATRICULE-SE AGORA