O Brasil tem uma longa história que foi escrita graças a essas grandes pessoas. Confira abaixo, um pouco da vida das pessoas que são responsáveis pelo modo como vivemos hoje!

D. Pedro I

É um dos grandes nomes da história do Brasil. Foi um dos condutores do processo de independência, além de ter sido imperador brasileiro de 1822 a 1831. 

Durante o período em que esteve no poder, ficou conhecido como autoritário, por isso, sua relação com as elites do Brasil não deu muito certo, o que resultou em sua renúncia ao trono, em 1831. Depois disso, retornou a Portugal, onde lutou na Guerra Civil Portuguesa.

D. Pedro II

Dom Pedro de Alcântara, mais conhecido como imperador Dom Pedro II, foi o segundo monarca a reinar no Brasil, sucedendo seu pai, Dom Pedro I. 

A efetiva sagração de Dom Pedro II como imperador aconteceu em julho de 1840 por meio de uma declaração da Assembleia Geral, que dizia que o  jovem, na época, com 14 anos,  já estaria apto a assumir suas obrigações. Esse processo ficou conhecido como “Golpe da Maioridade”.

A queda do Império ocorreu um ano após a Abolição da Escravatura, em 1889, quando houve o processo de instituição da República por parte de uma Junta Militar comandada por Deodoro da Fonseca. 

Maria Quitéria 

Maria Quitéria de Jesus foi a primeira mulher a fazer parte do Exército Brasileiro. Foi considerada a heroína da Independência.

A baiana fingiu ser homem para poder entrar nas Forças Armadas, juntou-se às tropas que lutavam contra os portugueses, em 1822. Utilizando o nome de seu cunhado, ficou conhecida como soldado Medeiros.

Semanas depois de entrar para o Exército, Maria Quitéria foi descoberta; porém, o major Silva e Castro não permitiu que ela saísse das tropas, já que era importante para a luta contra os portugueses por demonstrar grande facilidade com o manejo de armas, além de sua grande disciplina em batalhas.

Getúlio Vargas

Getúlio Dornelles Vargas nasceu no Rio Grande do Sul, em 19 de abril de 1882.

Foi deputado estadual, deputado federal e líder da bancada gaúcha, entre 1923 e 1926, além disso, foi Ministro da Fazenda de Washington Luís (1926-27) e presidente do Rio Grande do Sul (1927-1930). Em 1929, candidatou-se à presidência da República na chapa oposicionista da Aliança Liberal, quando foi derrotado e, então, chefiou o movimento revolucionário de 1930, por meio do qual assumiu, em novembro deste mesmo ano, o Governo Provisório (1930-34). 

Durante este período, Vargas deu início à estruturação do novo Estado, com a nomeação dos interventores para os governos estaduais, a implantação da justiça revolucionária, a criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e a promulgação das primeiras leis trabalhistas.

Tiradentes

Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, foi um dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político que atuou no Brasil, mais especificamente nas capitanias de Minas Gerais e Rio de Janeiro. 

Ele ficou conhecido por ser um dos líderes da Inconfidência Mineira e, também, por ter sido o único entre os inconfidentes a receber pena de morte, devido à sua posição social mais baixa, haja vista que todos os outros ou eram mais ricos, ou detinham patente militar superior.

Barão de Mauá

Irineu Evangelista de Sousa, conhecido por seu título de Barão de Mauá, foi um importante banqueiro, industrial e político brasileiro. Ele foi o pioneiro da industrialização no Brasil do século XIX, sendo responsável pela construção de grandes empreendimentos, como um Estaleiro, a Companhia Fluminense de Transporte e a primeira estrada de ferro ligando o Rio de Janeiro a Petrópolis. Ele foi um dos investidores nas ferrovias do Recife e de Salvador que chegavam até o Rio São Francisco.

Quer saber mais? Fique ligado no Blog da próxima semana, teremos a Parte 2!

Leia também: Como criar o hábito da leitura

Quer mais conteúdos como esse? Continuaremos, semanalmente, trazendo os melhores conteúdos para alunos do Ensino Médio e vestibulandos. Acompanhe por aqui e nossas redes sociais!

MATRICULE-SE AGORA